Saiba como funciona o atendimento do centro de prevenção ao suicídio


Atendimento é voluntário e gratuito, inclusive por telefone, mas também pode ser acessado por e-mail, chat na internet e presencialmente nos postos de atendimento.

O Brasil possui um serviço gratuito de apoio a pessoas que desejam e precisam conversar sobre suicídio: o Centro de Valorização da Vida (CVV). A organização faz parte de uma associação internacional chamada Befrienders Worldwide e participou da elaboração da Política Nacional de Prevenção do Suicídio, do Ministério da Saúde.

O CVV garante total sigilo e anonimato para as pessoas que procuram o atendimento, que pode ocorrer por telefone, chat na internet, e-mail e presencialmente, nos postos de atendimento - em todas essas situações, o serviço é totalmente gratuito. Saiba abaixo como acessar o CVV por cada uma dessas vias:

Ligação gratuita
Os voluntários do CVV atendem pelos números 188 ou 141 (nos estados Bahia, Maranhão, Pará e Paraná). Assim como em todas as outras formas de atendimento, é garantido o sigilo sobre tudo o que for dito e o anonimato.

Pela internet
Há duas formas de atendimento pela internet.O chat funciona todos os dias, nos seguintes horários: aos domingos, de 17h a 1h; segundas-feiras, de 9h a 0h; terças, quartas e quintas-feiras, de 9h a 1h; sextas-feiras, de 15h a 1h; e aos sábados, de 16h as 23h. A outra opção é enviar uma mensagem ao CVV, que será respondida por e-mail pelos voluntários.

Atendimento presencial
O CVV tem postos de atendimento que funcionam em horário comercial. No site do centro, é possível buscar os endereços e telefones dos locais por estado e cidade.

03/07/2018 Fonte: Governo Federal